Limpando o guarda-roupas!

Limpando o guarda-roupas!

Organização e limpeza são grandes amigas, então, já que o tema da vez é organização de guarda-roupas e armários, aproveite as dicas da Rose Moraes para driblar toda sujeira que encontra por lá também!

O básico

Na verdade, é muito simples: uma vez por mês é um prazo bom para limpeza interna. Basta usar um pano úmido (quase seco) com um pouco de vinagre branco de álcool. Na sequência, passe um pano seco, e deixe sem as roupas por uns 15 minutos, para secar bem.

Para evitar mofo, use um “punhado” de giz escolar branco, em cada parte do armário, pois ele absorve a umidade como uma esponja. Esse giz pode ser trocado a cada 30 dias, no dia da faxina. Se você prefere comprar um anti-mofo, opte pelo Moffim. Sem dúvida, é o que há de melhor no mercado e ecologicamente correto.

Roupas afetadas

Se estiverem guardadas por muito tempo, algumas peças podem estar com fungos e será necessário lavar a roupa antes de usar.  Itens em couro, em particular, devem ser guardados limpos e retirados do armário a cada 45 dias para respirar em algum local arejado e sob a sombra.

Jamais guarde roupas de couro (ou mesmo de tecido) em sacos ou capas plásticas. Prefira sempre as capas de algodão ou TNT. O plástico não deixa a peça respirar, ou seja: quando a temperatura esquenta, o plástico fica úmido, depois quando a temperatura esfria, as gotículas caem nas roupas deixando-as úmidas. Com o tempo o mofo aparece, tanto pela umidade como pela falta de luz.

Mas, se o mofo já afetou a peça ou ela está com cheiro forte “de guardado”, limpe-a com um pano umedecido com vinagre branco de álcool puro.  Depois deixe essa peça em local arejado por pelo menos duas horas, e nunca a exponha ao sol.

Previna

Sempre que necessário, hidrate sua peça de couro (roupa, bolsa ou sapato), usando vaselina líquida ou óleo de amêndoa doce. Basta usar um pano limpo e seco com um pouco do óleo ou da vaselina, e passe por toda a peça de couro. Deixe agir por pelo menos 20 minutos, e depois passe outro pano (seco e também limpo), por toda a peça para retirar o excesso do óleo.

Se optar por embalar algo a vácuo, lembre-se:

Roupas feitas de algodão, linho, lã e tecidos acrílicos podem ser embaladas a vácuo, pois são tecidos de fibras que não se quebram. Já a seda, viscose, acetato e alguns tipos de poliéster não devem ser embalados desta forma, pois há grande risco de as fibras serem danificadas e as peças ficarem eternamente marcadas. O edredom também corre um grande risco, pois a manta interna por ficar muito tempo compactada, podendo não voltar ao volume normal.

Para os sapatos, o ideal é esperar por quatro a seis horas antes de guardar, para que perca a umidade do suor.

Gostou? Tem mais dicas? Conta pra gente!

Até a próxima faxina!

Fale conosco